Capa - Base forte: pilotos da Light venceram 13 dos 18 últimos títulos da Stock Car

Base forte: pilotos da Light venceram 13 dos 18 últimos títulos da Stock Car

30 nov 2021

Além de serem os únicos com chance de conquistar o título da Stock Car Pro Series na Super Final BRB, dia 12 de dezembro, em Interlagos, os líderes Gabriel Casagrande, Daniel Serra e Thiago Camilo têm outra coisa em comum: todos lapidaram sua técnica e talento na Stock Light antes de ascender à categoria principal.

Esse contexto é muito mais comum do que se imagina. E o fato de atuar em alto nível na Stock Light tem sido há quase 20 anos um selo de qualidade para os jovens que se aventuram no automobilismo profissional. É o que mostra a história: dos 18 últimos títulos colocados em jogo na Stock Car Pro Series, 13 (72%) foram conquistados por talentos em ascensão forjados no grid da Stock Light.

 

Os títulos – O iniciador dessa série foi Giuliano Losacco, ex-piloto da Light que sagrou-se bicampeão da Stock Car Pro Series em 2004 e 2005. Cacá Bueno, que disputou a categoria de acesso quando esta se chamava Stock Car B, faturou os títulos de 2006, 2007, 2009, 2011 e 2012 da Stock Car Pro.

Marcos Gomes retomou a coroa da categoria principal para os jovens oriundos da Light em 2015. Depois veio o fenômeno Felipe Fraga (2016), com Daniel Serra completando a sequência em 2017, 2018 e 2019. E, na atual temporada, o título da Stock Pro novamente acabará nas mãos de uma cria da Light. Em 18 anos, somente cinco títulos escaparam dos jovens formados nas disputas altamente acirradas da Stock Light.

 

No exterior – Porém, além de revelar talentos para a Stock Car Pro Series, o campeonato também fez parte do caminho de pilotos brasileiros para o exterior, como o próprio Daniel Serra – duas vezes vencedor das 24 Horas de Le Mans na categoria GTE-Pro. Campeão da Light em 1997, Cacá Bueno emendou o sucesso com o título Sul-Americano de Super Turismo em 1999.

Já Felipe Fraga atua desde 2019 no Mundial de Endurance, e em 2021 chegou em segundo lugar nas 24 Horas de Le Mans pela categoria GTE-Am. Marcos Gomes também tem disputado campeonatos e provas importantes pelo mundo nos últimos anos, como as 24 Horas de Daytona e as 24 Horas de Le Mans. Em 2021, ele fez paralelamente com a Stock Car a temporada completa do Mundial de Endurance, assim como Daniel Serra.

Da mesma forma que na Stock principal, na Stock Light três pilotos chegarão a Interlagos com chances de título. Além do líder do campeonato Felipe Baptista, 18 anos, podem se consagrar em Interlagos o campeão de 2017, Gabriel Robe (24), e Arthur Leist (19). A categoria de acesso da Stock Car Pro Series disputará duas provas no traçado paulista: uma no sábado, a partir das 15h10, e o encerramento da temporada no domingo, com largada às 15h40. As corridas serão exibidas pela RedeTV!, BandSports e mídias da Stock Car.