Capa - Cacá diz que atualmente tem "carro para andar no meio do pelotão"

Cacá diz que atualmente tem "carro para andar no meio do pelotão"

15 mai 2022

A quarta etapa da Stock Car, disputada hoje, no Velocitta, rendeu pontos nas duas provas da rodada dupla para Cacá Bueno. O piloto da iCarros ACDelco Crown Racing terminou a primeira corrida disputada no Velocitta, autódromo localizado em Mogi Guaçu (SP), com a 15ª posição. Já na segunda prova, o pentacampeão chegou a bater na porta do top-10 nas voltas iniciais, mas terminou com o 17º posto.

“Marcar pontos nas duas corridas era o que a gente podia fazer, pois temos atualmente um carro para andar no meio de pelotão. São 33 carros andando muito perto na Stock car, dentro do mesmo segundo, e em todos os treinos acabamos ficando por volta do 14º, 15º lugar. Poderíamos fazer uma ‘estratégia suicida’ abandonando a primeira corrida para ir para a corrida 2, que me daria um top-10 tranquilamente na segunda prova, mas hoje isso não foi possível”, disse Cacá Bueno, logo após a corrida.

De acordo com Cacá Bueno, a segunda corrida foi das mais complicadas por conta de toques recebidos ao longo dos 30 minutos de disputa. Depois de uma boa largada, as qual avançou quatro posições, diversos incidentes fizeram com que o dono do Chevrolet Cruze número 0 não conseguisse brigar por um lugar entre os dez melhores.

“Na segunda corrida, eu poderia ir mais para frente, mas tomei muitas batidas. Tomei batida na largada, tomei porrada na traseira desnecessária, me empurraram para fora, tomei ultrapassagem sob Safety Car. Assim, foi bem tumultuada no pelotão de trás com muitas batidas desnecessárias, e isso me empurrou para trás”, seguiu o piloto, que espera por melhoras no Velopark, onde será disputada a próxima etapa, nos dias 2 e 3 de julho.

“A vantagem é que a gente traciona bem. Hoje a gente teve um carro que tracionava muito bem, e isso pode ser uma vantagem para lá. Mas a gente tem que fazer a frente trabalhar melhor”, completou Cacá, que tem os patrocínios de iCarros, Itaú, ACDelco, Red Bull, Paraflu e Grupo Souza Lima.