Capa - Hot Car  se despede de Goiânia projetando volta por cima no Velocitta

Hot Car se despede de Goiânia projetando volta por cima no Velocitta

19 set 2021

Neste domingo (19) os pilotos da Stock Car Pro Series voltaram a acelerar o Autódromo Ayrton Senna, em Goiânia (GO). Nas duas provas válidas pela nona etapa da temporada 2021 os concorrentes encararam o calor e o anel externo do circuito goiano. A equipe Hot Car New Generation voltou a enfrentar problemas no sistema de resfriamento do motor no carro de Felipe Lapenna na classificação e na primeira prova. Na segunda corrida a equipe viu a chance de pontuar ir embora após o acidente envolvendo seus dois pilotos logo na primeira curva. As duas corridas do domingo foram vencidas por Ricardo Maurício.

Para Babi Rodrigues, chefe de equipe da Hot Car, esse não era o domingo para a equipe. “Hoje foi muito difícil, as temperaturas estavam ainda mais extremas do que ontem e isso nos dificultou muito na primeira corrida com a perda de muita potência de motor e optamos por parar e apostar na segunda corrida. Logo na largada tivemos um incidente envolvendo nossos dois carros e tivemos que abandonar. Não era um domingo para nós, então fica o aprendizado e vamos para a próxima etapa”, avaliou a única mulher a chefiar uma equipe na principal categoria do automobilismo nacional.

Na classificação para a nona etapa, Felipe Lapenna voltou a ter problemas no sistema de resfriamento do carro. Com isso, o piloto conseguiu apenas a 25ª marca e partiu da 13ª fila para a primeira corrida. O problema persistiu durante a prova e, somado ao calor intenso em Goiânia, Lapenna recolheu o carro para os boxes na 22ª volta e apostando suas fichas na segunda corrida. “A classificação não foi boa. Não tínhamos boas velocidades de reta, mas mas curvas o carro era ótimo. Na primeira corrida, cheguei a ganhar mais de 10 posições na pista e a temperatura da água do motor começou a subir de novo e optamos por parar e focar na segunda”, lamentou o piloto do carro #110.

Tuca Antoniazi ficou com a 29ª marca durante o classificatório deste domingo e terminou a primeira corrida na 25ª colocação. “A primeira corrida foi OK, mas tem alguma coisa errada com nossos motores. Tanto eu quanto o Felipe tivemos problema de potência o final de semana todo”, disse o piloto gaúcho.

Logo na largada da segunda corrida os dois pilotos da Hot Car se envolveram em um acidente com mais alguns carros logo na primeira curva do anel externo e encerraram precocemente a participação da equipe no Autódromo Ayrton Senna.

Lapenna lamentou o ocorrido no início da segunda corrida e vai usar isso como combustível para a próxima etapa. “Logo na largada tomei um toque, saí da pista e fui atingido de novo, quebrando o escapamento do carro. Agora vamos revisar tudo e lutar para voltarmos ao Velocitta com força total”, disse o piloto paulista.

Antoniazi lamentou o incidente na segunda corrida. “Na segunda prova foi uma pena o acidente, porque eu esperava pelo menos conseguir alguns pontos”, lamentou o piloto do carro #54.

Agora as atenções da Hot Car New Generation se voltam para a 10ª etapa da temporada 2021, no dia 24 de outubro no Velocitta, em Mogi Guaçu (SP).