Capa - Com alta temperatura dentro e fora das pistas, corridas em Goiânia dão início à fase decisiva do campeonato.

Com alta temperatura dentro e fora das pistas, corridas em Goiânia dão início à fase decisiva do campeonato.

23 set 2021

Depois das corridas movimentadas em Curitiba/PR, o Turismo Nacional BR chegou a Goiânia/GO com um sol para cada um que estava no autódromo. Com a temperatura do ar acima dos 35°c e do asfalto beirando 60°, carros e pilotos foram à pista mirando bons resultados para a disputa do título visto que a etapa goiana marca o inicio da segunda metade do campeonato.

Mesmo com o forte calor as provas foram movimentadas com muitas ultrapassagens, ritmo forte e quase nenhuma intervenção do safety-car. Em todas as oito corridas entre as categorias Super, A, B e Senior tiveram apenas uma entrada do carro de segurança por conta de um acidente na curva do bico de pato.

A categoria Super teve atuação destaque de alguns pilotos como Cesinha Bonilha e seu VW Up! que anotou a pole position, venceu uma corrida e foi o maior pontuador do fim de semana. Outros que se destacaram foram Fausto de Lucca (VW Gol) e Peter Ferter (Toyota Etios) que conquistaram suas primeiras vitórias no TN. Gustavo Magnabosco continua líder do campeonato com Luiz Carlos Ribeiro e Bonilha na sequencia. Rafael Lopes e a dupla Fabiano Cardoso/Thiago Tambasco enfrentaram dificuldades com os seus GM Onix e caíram na classificação.

O líder da categoria A, Vitor Perillo, correndo em casa começou o fim de semana muito bem cravando a pole position e vencendo a corrida 1. Porém o maior destaque ficou por conta da dupla formada pelo paranaense Nilton Rossoni que até então corria com Julio Sandini e em Goiania promoveu a estreia de Henrique Basso, que não poderia ser melhor. Juntos eles foram os maiores pontuadores do fim de semana com duas vitórias e dois quartos lugares. Destaque também para a atuação de Gustavo Dal Pizzol e Peter Tubarão que diminuíram a diferença na classificação para Vitor Perillo e Guilherme Sirtoli que venceu a corrida 2 e fez uma bela prova de recuperação na corrida final.

A categoria B, dos pilotos menos graduados do grid é a que possui a disputa mais acirrada pela liderança na classificação do campeonato. Glauco Tavares  e Rafael Colombari estão brigando ponto a ponto pelo título, mas em Goiânia tiveram dificuldades com o lastro de sucesso abrindo caminho para que outros pilotos se destacassem. E foi o caso de Francisco Meireles e Dorivaldo Gondra Jr. Meireles fez a pole position, andou entre os ponteiros da categoria A, venceu três corridas e anotou quatro voltas mais rápidas, enquanto Dorivaldo Gondra Jr venceu uma corrida e foi ao pódio nas outras três. Colombari assumiu a liderança apenas dois pontos a frente de Glauco Tavares.

A categoria Senior, destinada aos pilotos com mais de 54 anos teve Guto Baldo vencendo duas vezes, demonstrando que a troca do Nissan March pelo Ford New Ka foi acertada. As demais vitórias foram de André Jacob, campeão em 2019 e atual líder do campeonato e de Beto Pontes, campeão de 2020.

O próximo desafio dos pilotos será nos pampas. Iremos até Santa Cruz do Sul/RS nos dias 20 e 21 de novembro pela primeira vez para a quinta etapa em uma prova que irá definir que serão os pilotos que vão disputar o título. Lembrando que após a quinta etapa os pilotos fazem o descarte dos cinco piores resultados e vão para a final com os pontos líquidos.

Turismo Nacional 2021 - Classificação após 4 etapas (sem descartes):
SUPER: 1) Gustavo Magnabosco, 305 pontos; 2º) Luiz C. Ribeiro, 269; 3º) Cesinha Bonilha, 247.  Cat.A: 1º) Vitor Perillo, 296 pontos; 2º) Peter Gottschalk, 218; 3º) William Perillo, 205. Cat. B: Rafael Colombari, 267 pontos; 2º) Glauco Tavares, 265; 3º) Faruk Araujo, 221. Senior:  1º) André Jacob, 187 pontos; 2º) Miguel Laste, 150; 3º) Algacir Sermann Fº, 137.